Parece uma palavra complicada, mas omnichannel nada mais é do que a integração dos canais de venda. A palavra omni vem do latim e quer dizer tudo e channel do inglês e quer dizer canal.

 

Omnichannel é facilitar a vida do cliente, é deixar o cliente escolher o que é melhor para ele. Só quer falar por whatsapp? Ok. Quer tirar dúvidas no whatsapp, mas comprar na loja física? Ótimo! Que pesquisar, tirar dúvidas e comprar online, mas retirar na loja física? Ok, também.

 

A ideia é que o cliente tenha um relacionamento melhor com a marca, independente da forma como interage ou adquire o produto. Parece óbvio, não parece? Mas para muitas empresas não é. A questão aqui é que a maioria das empresas está preocupada com a sua burocracia interna e não com a experiencia do cliente. Você já deve ter passado pela situação de comprar um produto online, ter algum problema e não poder trocar na loja física. Ué, mas não é tudo a mesma marca? Não seria melhor se pudesse?

 

Não é só estar presente em diferentes canais, é fazer com que eles se comuniquem e se integrem.

 

Ah, mas isso é complicado, podem dizer alguns. Pode até ser, se o negócio foi pensado de forma segmentada. Mas os resultados da integração trazem vários benefícios como o aumento da retenção, fidelidade de clientes e o aumento das vendas.

 

Quer um exemplo? Segundo a Magazine Luiza, a estratégia de integrar os canais trouxe 241% de crescimento nas vendas do e-commerce e 51% de crescimento na loja física, entre 2015 e 2018.

 

Esse objetivo ajudou as vendas no comércio eletrônico e nas lojas a crescerem 241% e 51%, respectivamente, de 2015 a 2018, segundo a companhia.